Horário de Atendimento

Sob Agendamento

09:00h às 17:00

Conheça os requisitos para fazer um inventário extrajudicial

Para realizar o procedimento no Cartório Extrajudicial deve haver consenso entre as partes e a participação de um advogado

       

Ao falecer, instantaneamente todo o patrimônio de
uma pessoa como bens, direitos e dívidas se unificam. Para poder ser
transmitido aos herdeiros, é preciso formalizar a divisão e transferência dessa
universalidade por meio de um inventário.

       

Desde 2007, esse procedimento pode ser realizado
nos cartórios extrajudiciais, de forma mais rápida, simples e segura. Porém,
existem alguns requisitos para a realização de um inventário no tabelionato de
notas, confira:

1) Todos os herdeiros devem ser maiores e capazes;

2) Deve haver consenso entre os herdeiros;

3) Não pode ter sido realizado testamento;

4) A escritura deve contar com a participação de um
advogado, como assistente jurídico das partes.

       

Para transferir os bens para o nome dos herdeiros,
é preciso apresentar a escritura de inventário para registro em um Registro de
Imóveis, caso trate-se de bens imóveis. No Registro Civil de Pessoas Jurídicas,
para sociedades e no DETRAN, para veículos e nos bancos, para contas, entre
outros.