Horário de Atendimento

Sob Agendamento

09:00h às 17:00

Vice-presidente da Anoreg-MT recebe troféus por divulgar medidas de incentivo à quitação de débitos e renegociação de dívidas protestadas

     A vice-presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado de Mato Grosso (Anoreg-MT), Velenice Dias, que também é presidente do Instituto de Protesto de Mato Grosso (IEPTB-MT), recebeu na última quinta-feira (12 de setembro) dois troféus Prêmio Toscano de Brito, concedidos pelo Instituto de Protesto de Títulos do Brasil (IEPTB-BR) durante a realização do 17º Encontro Convergência, em Gramado.

    Os troféus foram em reconhecimento às ações adotadas pelo Instituto de Protesto de Mato Grosso no sentido de divulgar medidas de incentivo à quitação de débitos e renegociação de dívidas protestadas.

     “Esses dois prêmios são de extrema importância para nós, pois demonstra que estamos no caminho certo. Temos atuado com muito afinco no sentido de divulgar o protesto extrajudicial em Mato Grosso, bem como, agora, a possibilidade de os cartórios de protesto poderem renegociar dívidas protestadas, cuja autorização consta do Provimento 18/2019, da Corregedoria-Geral da Justiça”, destacou Velenice Dias.

     Ela acrescentou que as conquistas estão sendo muito comemoradas. “Toda a diretoria do IEPTB-MT e colaboradores estão de parabéns, assim como todos os nossos parceiros, os quais acreditam e confiam no nosso trabalho. Compartilhamos esses troféus e nossa alegria com absolutamente todos os envolvidos no processo. Estamos satisfeitos com os resultados que temos obtido, mas continuaremos trabalhando para alcançarmos níveis de excelência, pois muito ainda pode ser feito”, frisou Velenice Dias.

     Em Mato Grosso, os cartórios aptos para renegociarem dívidas protestadas são os de Barra do Bugres, Cáceres, Campo Verde, Juara, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Paranatinga, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Querência, Rondonópolis, Rosário Oeste, Sinop, Sorriso, Tapurah e Terra Nova do Norte. Em Primavera do Leste, por exemplo, ocorreram 23 negociações no mês de agosto, enquanto que em Nova Mutum foram 33, também no mês passado, sendo 49 até o momento.