O Conselho Nacional de Justiça revogou Provimento n° 42 que obrigava os Tabelionatos de Notas a enviarem as procurações públicas para as juntas comerciais.

     Confira aqui a decisão.